Um encanador bigodudo, com um jeitão francês e extremamente simpático, aceita, em um ato de coragem, a difícil e perigosa missão de resgatar a princesa Peach das mãos do perigoso vilão Bowser, que invadiu o Reino dos Cogumelos e transformou todos os habitantes em pedra, barro e flores, para casar-se com a princesa e se tornar o novo Rei.

Vocês já devem saber de quem estamos falando, exatamente, Super Mário (ou para os chegados apenas Mário), uma franquia de jogos que começou em 1985 e que ainda faz sucesso nos dias de hoje.

Em homenagem ao seu aniversário de 30 anos preparamos uma lista com as 10 principais curiosidades sobre o jogo e seus personagens.

#1 – A outra identidade

Inicialmente, o nome de batismo do personagem não era “Super Mário”, mas sim “Jumpman”. O surgimento do nome Mário só se deu quando o game foi levado para os Estados Unidos, como forma de homenagem ao Mário Segale dono do depósito alugado pela Nintendo em Redmond.

#2 – O primeiro “emprego”

Sua primeira aparição nos games não foi no Super Mario Bros, mas sim no game “Donky Kong” que era uma mistura de “Popeye” e “King Kong”, lançado pela Nintendo em 1981.

#3 – De carpinteiro a encanador

Assim como o nome era outro, sua profissão não podia ser diferente, Jumpman foi apresentado pela Nintendo como um carpinteiro, não como encanador.

#4 – Um passado do crime

O crime não compensa, disso nós sabemos, mas em 1982 a Nintendo lançou o game “Donky Kong Junior”, no qual, Mário representa o vilão da história, que sequestra o “Donky Kong” e obriga seu filho “Junior” a resgata-lo.

#5 – O fracasso como ator

Apesar de todo o esforço e apelo comercial da Nintendo para fazer o filme ser um sucesso, não foi o que aconteceu. Super Mário chegou as telonas em 1993, e inevitavelmente foi um fracasso tanto de críticas quanto renda e público.

#6 – Pode vir que eu estou “facinho”

Ao comparar a versão original com a lançada no Estados Unidos, podemos identificar que foram feitas alterações no game, deixando-o mais fácil, como por exemplo em algumas salas que possui aqueles tetos com espinhos, na versão original as portas ficam em meio as armadilhas, diferente da versão americana que as portas ficam no canto. Além disso, na versão original, quando o Mário está transformado e é atingido por ataques inimigo e sofre algum dano, ele perde o “super poder” e volta a sua versão pequena, já na versão americana, a personagem apenas perde o “super poder” e permanece em sua versão grande.

#7 – Analgésicos? Não obrigado

Diferente do que todos pensam, o Mário não quebra os tijolos e bônus com a cabeça, (pausa dramática) isso mesmo, você foi enganado toda a sua infância. Na realidade o encanador bigodudo pula com uma das mãos levantada e dando um soco contra os itens.

#8 – É menino ou menina, menino?

Agora vamos falar um pouco sobre outra personagem do game, Birdo ou como gosta de ser chamado Birdetta, segundo o manual do game, ele é um menino que pensa ser uma menina, e o mais interessante disso é que a personagem aparece em outros games da franquia Mário, só que dessa vez não é referido como masculino ou feminino.

#9 – Que coisa feia Toad! Cogumelo mau

Toad é uma personagem com cabeça de cogumelo, que tenta ajudar o Mário em sua missão de resgate a princesa Peach em Super Mário Bros, porém, aparece em uma cena fazendo um gesto nada educado para os jogadores.

#10 – Ué, isso é um arbusto ou uma nuvem?

Pode ter sido por falta de recursos (por se tratar de um game lançado em 1985) ou propositalmente, isso nunca saberemos, mas se você reparar no gráfico do Super Mário vai perceber que as nuvens e os arbustos são iguais, eles possuem o mesmo formato, exatamente a mesma coisa, se diferenciando um do outro somente pelas cores.

Essa matéria foi feita por Jefferson Rodrigues: https://www.facebook.com/jefferson.rodrigues.1612147?fref=ts

Se você gostou desse post, não deixe de comentar e compartilhar!

Curta nossa fã page: www.facebook.com/Terrivelbox

Relacionados

Deixe uma resposta