No ultimo dia 28 de novembro fez um ano da morte de Roberto Bolaños, que além de um excelente ator foi comediante, diretor de televisão, roteirista, cantor, produtor e pintor.

Conhecido como Chespirito uma forma diminutiva e castelhanizada Shakespeare, Bolaños ficou conhecido mundialmente pela criação e atuação nas séries televisivas Chapolin Colorado e Chaves.

Chapolin foi criado em 1 de setembro de 1972 e foi televisionado até o dia 14 de outubro de 1979. Era uma historia de um heroí raro completamente atrapalhado, que não tinha super poderes mas consegue sempre salvar o dia superando suas dificuldades. Vários bordões são lembrados como: “Todos os meus movimentos são friamente calculados”, “Suspeitei desde o princípio!”, “Não contavam com minha astúcia!” entre outros.

 

Chaves foi um seriado de comédia produzida pela Televisa que relatava a relação de um grupo de pessoas que moram em uma vila. Chaves era interpetrado por Chespirito um garoto Orfão que vivia diversas aventuras com Quico e Chiquinha, e enfrentava diversos problemas de desentendimentos com Seu Madruga, Dona Florinda, Dona Clotilde e Seu Barriga. Quem não se lembra os clássicos bordões: “Ninguém tem paciência comigo” “Foi sem querer, querendo”.

Com o sucesso a série começou a ser exibida em muitos países sendo gravados em mais de 50 idiomas até 2011. No Brasil a série é transmitida faz 31 anos, e ainda podemos acompanhar e matar a saudade de Roberto Bolaños nos canais SBT, Cartoon Network e TBS.

Se você gostou desse post, não deixe de comentar e compartilhar!

Curta nossa fã page: www.facebook.com/Terrivelbox

Relacionados

Deixe uma resposta